25 empresas de Web 2.0. Serão os próximos You Tube’s?

Em pouco mais de dois anos, o YouTube saiu do anonimato, ganhou milhões de usuários e foi adquirido pelo Google por 1,6 bilhão de dólares, no negócio mais importante da Web 2.0 em 2006.

Mas quem será o próximo YouTube? A revista norte-americana Business 2.0 fez suas apostas em cinco categorias: redes sociais, vídeo, publicidade, mobilidade e empresas.

Confira uma lista de 25 empresas que têm modelos de negócios originais e criativos. Será que uma delas é o próximo YouTube? Dê sua opinião.

Redes sociais

StumbleUpon
Lançado em 2002, o StumbleUpon tem mais de dois milhões de usuários registrados. É uma mistura do del.icio.us, que permite salvar seus links favoritos, com o Orkut, uma comunidade online. O site mostra publicidade de acordo com os interesses dos usuários e sua localização geográfica. Agora, está tentando fazer o mesmo com vídeo.

Slide
O nome diz tudo: personaliza e junta slide shows de fotografias que podem ser incluídos em blogs e no MySpace, enviados por feeds de RSS ou baixados para o desktop como um screensaver.

Wikia
Usa o mesmo software da famosa enciclopédia online, a Wikipedia. Lançado em 2004, reúne comunidades de todos os tipos – de Indiana Jones a Harry Potter. E você ainda pode editar o conteúdo. Já conta com uma versão em português do Brasil.

Meebo
Que tal falar com seus amigos via comunicadores instantâneos independente do lugar em que você está? Este é o Meebo. Se você usa AIM, Yahoo!, MSN, Google Talk, ICQ e Jabbe, basta se logar no site para se conectar com sua rede de amigos. Um widget, chamado Meebo Me, pode ser colocado em seu blog. Ele permite que os visitantes “conversem” com você.

Bebo
Uma rede social com mais de 30 milhões de pessoas que deixa as páginas privadas, mas permite que eles compartilhem vídeos e desenhos.

Vídeo

Joost
Eles são empreendedores seriais. Janus Friis e Niklas Zennström já desenvolveram o Kazaa e o Skype, dois dos maiores sucessos da internet. Agora, estão apostando no vídeo. O serviço provê mais do que uma experiência de TV do que de vídeo pela internet. E, segundo os que testaram, com uma qualidade quase idêntica a da TV.

Dabble
Uma ferramenta para organizar vídeos em uma lista de favoritos. Os usuários podem compartilhar as suas preferências pela rede.

Metacafe
Um serviço que faz um ranking dos vídeos por popularidade e paga os criadores pelo sucesso de seus trabalhos. Mais de 20 mil visitas ao vídeo valem 100 dólares. Depois, o videomarker recebe 5 dólares para cada mil visitas. Até setembro, pagou 250 mil dólares para 200 colaboradores.

Revision3
Um estúdio de produção para shows onlines de geeks. Os fundadores são Kevin Rose, do Digg, e Jay Adelso, atual CEO da empresa. Vende patrocínio para empresas como Go Daddy, Microsoft e Sony por mais de 10 mil dólares o episódio.

Blip.TV
Uma plataforma de licenciamento para seriados online. A Blip provê software, anúncios e distribuição para websites e blogs.

Mobilidade

Fon
Companhia espanhola que aposta nas redes sem fio Wi-Fi com um modelo de negócios que tem a participação de seus clientes. A Fon vende roteadores wireless por 30 dólares. Os compradores registram o hotspot e concordam em dividir sua rede banda larga sem fio com outros “Foneros” de graça.

Se quiserem cobrar, a Fon ganha uma comissão. Depois de um ano, a Fon tem mais de 70 mil hotspots. É focada na Europa e na Ásia. A empresa planeja chegar aos EUA nos próximos meses.

Mobio
Encontre uma série de aplicações para o seu celular, desde determinar onde você está até saber quais filmes assistir.

SoonR
Permite que você acesse o computador de casa ou do escritório através de seu telefone celular, encontrando dados de documentos Word até de arquivos de Photoshop.

Tiny
É uma espécie de Flickr, mas wireless. Envia fotos de telefones celulares para seus amigos, que podem acessar e comentar.

Loopt
Que tal encontrar seu amigo perdido em um megaevento? É o que promete o Loopt, um serviço por celular que localiza as pessoas registradas. Pais controladores vão adorar esse serviço.

Publicidade

Turn
Você já deve ter ouvido o termo pay-per-click (pague pelo click). E pay-per-play? Prepara-se para ir se acostumando com a expressão. A Turn promete o que todos os anunciantes querem: pagar apenas pelos resultados desejados.

Os anunciantes definem os preços que querem pagar para vários resultados. Um anunciante pode, por exemplo, determinar que quer pagar 5 dólares por um lead e 60 dólares por uma transação completa.

Feito isso, é só colocar o anúncio no ar – texto ou gráfico – e o software da Turn analisa os resultados. A empresa divide a receita com as editoras e donos de sites que usam o sistema.

Spot Runner
Funciona como um shopping de baixo custo para anúncios de TV de 30 segundos. Com base no orçamento, monta a estratégia de divulgação. Focada em mercados regionais.

Vitrue
Uma plataforma que permite que os usuários editem e gerem vídeos para promover seus produtos.

Admob
Um lugar para comprar anúncios para entregar em telefones celulares. A empresa diz que seus anúncios já foram vistos mais de 1,5 bilhão de vezes, segundo contador online no website da companhia.

ADiFY
Um mercado online para anunciantes e editoras. Empresas podem oferecer anúncios diretamente para os anunciantes. E anunciantes podem focar em mercados específicos.

Empresas

SucessFactors
Essa é uma empresa com cinco anos de vida, um faturamento anual estimado em 100 milhões de dólares e lucrativa. A SucessFactors conta um software online que analisa o desempenho do funcionário, ajuda no planejamento e na compensação. Um dos recursos mais recentes é o que permite avaliar as habilidades dos funcionários em conjunto com os objetivos da companhia.

Rearden
Uma aplicação web que integra reservas de hotéis, vôos, encontros e outros eventos com uma agenda. Mais de 150 companhias e 500 mil funcionários usam o serviço da Rearden.

SimulScribe
Serviço que transcreve mensagens de voz de seu telefone e as envia como texto ou e-mail para seu telefone celular.

LogoWorks
Automatiza a produção de logos e cartões de visitas. O software da empresa permite a cobrança de preços menores do que os concorrentes tradicionais.

Janrain
Ao colocar sua senha uma única vez, o usuário pode navegar por vários sites sem precisar digitar novamente suas senhas.

Via Oficina da Net

Deixe uma resposta