Essa crise pegou as empresas de alimentação?

Mais ou menos. De fato essa crise econômica para o Brasil parecia ser mais psicológica do que física. Mas é exatamente esse o problema, as pessoas estão com receio de consumir e automaticamente as empresas estão estão comprando menos.

Andei conversando com alguns clientes, e sem precisar perguntar se a crise os afetou, senti a resposta no tom de voz de cada um.

Eles estão comprando menos, só fazendo investimentos de baixo risco e cortando o máximo de despesas possíveis. Mas isso é necessário?

Infelizmente sim. Como o consumidorr está “consumindo” menos, essas empresas acabam sentindo o peso da crise econômica que na verdade está afetando diretamente apenas as corporações chamadas S/A.

Um cliente nosso que atua no segmento de tortas, me disse que as vendas em Janeiro e Fevereiro desse ano bateram recordes e ultrapassaram 30% em relação ao ano passado. Onde está a crise pra essa empresa? Também é preciso levar em conta o segmento da empresa, no caso desse cliente: Tortas e Bolos.

O mundo pode cair , todas as empresas falirem, mas as pessoas continuam fazendo aniversário, e consequentemente as empresas desse ramo continuam faturando.

Em relação aos restaurantes, acredito que a crise ainda não pegou pra valer, mas é preciso ficar atento e ser cauteloso em relação as decisões financeiras.

A crise pegou o aiqfome?

Nós sentimos um pouco, mas nada muito preocupante que resulte em cortes de funcionários ou em outras medidas desesperadas. Prosseguimos acreditando que a economia ainda vai esquentar e sabemos que temos uma boa aliada do nosso lado: a internet.

Até agora não escutei, não li e nem ouvi falar que essa crise pode ter pego as empresas de internet, pelo contrário, as grandes companhias virtuais continuam crescendo e contratando pessoas.

Sabendo disso, sinto até um certo alívio por estar nessa área.
Continue acompanhando o blog!

Deixe uma resposta