Já ouviu falar na Gastronomia Nikkei?

O termo Nikkei, lá nos anos 1990, remetia à Bolsa de Valores de Tóquio e as oscilações do iene, moeda japonesa, o que não tem nada a ver com o que ele significa hoje. O significado de gastronomia Nikkei, entretanto, é pura e simplesmente a junção da culinária peruana e japonesa.

Existe um motivo histórico e geográfico para essa mistura ter acontecido. No século XX, imigrantes japoneses chegaram ao Peru em busca de melhores condições de vida, então passaram a introduzir ingredientes peruanos à comida japonesa. Foi assim que a cozinha Nikkei começou.

A culinária é uma fusão harmônica entre os sabores dos dois países. Enaltece o significado que as duas culturas proporcionam ao peixe fresco, adicionando produtos como a lima, o milho, as pimentas peruanas, sésamo e molho de soja.

A principal diferença entre as duas é que a japonesa é uma cozinha plana, ou seja, o mais interessante é conservar o sabor do produto, enquanto a culinária peruana busca potencializá-lo.

O resultado dessa mistura, são sabores criativos e exóticos que agradam o paladar e proporcionam uma experiência única. Os pratos mais famosos dessa junção são os ceviches e os tiraditos, mas existem pratos mais elaborados, como um arroz de ají amarillo cremoso com carne à base de molho de ostra e shitake, sendo que o ideal é consumí-los acompanhado de um bom vinho branco.

gastronomia nikkei

Por mais que a criação da culinária tenha acontecido no século passado, a popularização e fusão mais intensa entre as duas cozinhas é recente. No Brasil já existem restaurantes especializados nesta culinária, mas ainda se concentram em cidades maiores e nas capitais, como Brasília, São Paulo, Curitiba e até Maringá.

Deu vontade de experimentar né?

CategoriasSem categoria

Troca uma ideia com a gente!