Porque ela quer comer açaí em paz 😁

Frozen 2 acaba de estrear nas telonas brasileiras, zerando todas a bilheterias e o estoque de pipocas de tempero viciante nas portas do cinema.

Toda sequência vem com um baita peso nas costas: o de atender as expectativas já criadas graças ao sucesso do primeiro filme. Mas parece que a galera da Disney mandou muito bem nessa história de inverno que chegou pra refrescar nosso verão tropical.

Além dos flashbacks e das resoluções de questões que ficaram abertas como a morte dos pais de Elsa e Ana, a origem dos superpoderes e o porquê da Ana não ter nascido com o mesmo “let it go”, a trama fala sobre algo bem importante: o amadurecimento.

E parece que todos os sentimentos são expressos no filme pela figura do Olaf e seu modo de encarar as mudanças do tempo.

E amadurecimento é bem essa coisa que faz a gente querer chegar em casa e ficar 5 minutinhos sozinhos tendo uns dates com todas as nossas personalidades do dia, na companhia de um pote de açaí com 672632732 complementos, ainda mais nesse calorão.

Olha, se Frozen fosse no Brasil, com certeza a origem de toda essa nevasca viria do congelamento das mãos que seguram uma taça de frozen yogourt ou um sorvetão no fim da tarde.

O que você acha? Eu diria que tem um excelente final feliz te esperando aqui.

Categorias: aiqcrítica

%d blogueiros gostam disto: