O que os curtas representam para os longas da Pixar?

curtas pixar

Se você já assistiu pelo menos um filme da Pixar, é impossível não ter reparado naqueles vídeozinhos que aparecem antes da história começar pra valer. Muito que bem, hoje o aiqfome vai desvendar algumas curiosidades sobre esses pequenos notáveis que fazem parte do nosso imaginário infantil.

Essas cenas curtas, com duração entre três e seis minutos, chegam a custar uma bagatela de 2 milhões de dólares em média. Sim, minha gente, dá pra comprar muito lanche com essa grana, irmão. Mas ao contrário do que muita gente pensa, elas não rendem muitos lucros financeiros para a empresa, o capital que entra é outro.

Para ficar um pouco mais claro, vamos voltar para onde tudo isso começou.

O ano era 1980, John Lasseter, diretor e produtor americano, juntava-se ao pessoal da Pixar na Lucasfilm para trabalhar em curtas-metragens como As Aventuras de André e Wally B e divulgar as inovações tecnológicas que aconteciam durante os experimentos para a comunidade científica.

Nos sete anos seguintes, essa experiência acabou dando uma pausa para que a galera se concentrasse em anúncios que geravam mais receita. Mas em 1996, depois que Toy Story caiu no coração do povo, Ed. Catmull, fundador da Pixar, e John decidiram que era importante voltar a dar importância para essas produções curtas, para encorajar a experimentação e fazer desse momento um campo de provas para novos cineastas.

O Jogo de Geri, aquele do senhorzinho jogando xadrez, exibido antes de Vida de Inseto, em 1998, foi o primeiro filme a ser lançado nessa segunda geração de curtas. Ele é simplesmente a coisa mais iti malia das aberturas de todos os tempos.

Nele, um idozinho fica sentado jogando uma partida num parque de outono, sozinho. Durante os cinco minutos em que ele é exibido, nenhuma palavra é dita e, conforme ele muda de um lado para o outro no tabuleiro, seu humor transforma sua personalidade e arranca risos de doer a barriga quando seu personagem mais manso derrota seu ego sádico e debochado. Showcrível, mêo. Sério, clica pra ver.

A partir deste primeiro teste, as despesas passaram a ser justificadas como Pesquisa e Desenvolvimento, para fazer com que os curtas valessem realmente como um programa de investimento.


curte e compartilha aê