De onde surgiu o brigadeiro?

Conheça a história do doce mais popular do Brasil

Brigadeiro, em sua definição, é o primeiro posto entre os oficiais-generais, mais precisamente o comandante de uma brigada.

O que isso tudo tem a ver com aquele docinho maravilhoso feito de leite condensado e achocolatado?

Amor, tudo a ver! Cola na gente!

Doce com nome de herói

Eduardo Gomes era o nome dele, o brigadeiro que nasceu em Petrópolis, Rio de Janeiro, em 1986.

Em 1922 ele desafiou a República Velha, abalando o Forte de Copacabana no famoso episódio “Os Dezoito do Forte”. A revolta queria derrubar o governo da época e demonstrar insatisfação com a forma com que a eleição para presidente havia ocorrido.

Depois da revolução de 1930, o brigadeiro liderou a criação do Correio Aéreo Nacional e foi duas vezes ministro da aeronáutica brasileira, sendo nomeado como patrono da Força Aérea.

Como brigadeiro virou brigadeiro?

Durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), enquanto ele coordenava a defesa da costa, descobria-se a solução para o racionamento de açúcar, leite e ovos.

E adivinha? No lugar eram usados leite condensado, manteiga e chocolate, que se transformavam em um doce maravilhosamente delicioso.

A popularização da sobremesa

Em 1945, Gomes se candidatou à presidência e suas eleitoras, muito boas de marketing por sinal, distribuíam a guloseima, que acabou ganhando o nome do presidenciável.

Infelizmente, a pessoa por trás desse título morreu em junho de 1981 sem ganhar nenhuma eleição, mas o doce criado por ele ganhou o paladar de todo o país e caiu no gosto popular.

Salivou aí? Conheço um aplicativo ótimo pra você encontrar essas belezinhas em suas mais variadas formas. Acessa noix!

curte e compartilha aê