origem do estrogonofe

 

Se tem um prato que parece que todo mundo AMA, é o estrogonofe. Famosão por ser tanto fácil de fazer quanto render um baita almoço e deixar todo mundo satisfeito, o estrogonofe é um baita ícone da culinária brasileira.

Mas apesar de ser um clássico da nossa cozinha, ele não surgiu aqui. Muita gente sabe que ele surgiu na Rússia… mas a história não é tão simples assim!

Nesse post vou trazer um resumo da origem do estrogonofe, onde ele surgiu, como eram as receitas originais e como ele se tornou tão popular aqui no Brasil!

 

O mito da origem

Que o estrogonofe é um prato de origem russa, várias pessoas sabem. Inclusive, existe uma história de origem do estrogonofe que é até bem conhecida e difundida – só que ela não é real!

A lenda mais famosa da origem do estrogonofe data lá em 1891 na Rússia, onde um chef francês teria criado o prato pra uma competição culinária em São Petersburgo. Ele teria ganho a competição e nomeado o prato em homenagem ao seu patrão, Conde Pavel Alexandrovich Stroganov. A receita teria inclusive sido feita pensando em uma carne mais fina e macia porque o Conde já era velho e seria mais fácil pra ele mastigar.

Parece extremamente plausível, mas tem um detalhe interessante nessa história: em 1891, o Conde Stroganov já tinha morrido faz tempo.

No entanto, uma parte da história é real: um chef francês chamado Charles Briere realmente ganhou uma competição culinária em 1891 com um prato chamado Stroganov.

Não se sabe ao certo o porquê do nome do prato nesse contexto. É possível que o chef francês tenha realmente trabalhado para os descendentes do Conde Stroganov, ou ele apenas quis homenagear o nome da família, que era uma poderosa e respeitada família nobre.

Existe também outra teoria sobre a origem do estrogonofe que data um pouco antes da história de Briere. Um livro de receitas publicado em 1871, “A Gift to Young Housewives”, já possuía uma receita com o nome de stroganov, embora fosse uma receita um pouco diferente da criada pelo chef francês.

 

A receita original

Apesar da dúvida sobre a origem exata do prato, a versão mais famosa e que viria a conquistar o mundo é a de Charles Briere, que é considerada a original por grande parte da Rússia. No entanto, ela também se modificou bastante na medida que foi caindo na boca de outras culturas.

A receita original (que ainda pode ser encontrada com facilidade na Rússia e em restaurantes de comida russa) é feita com carne em tirinhas dourada e flambada, com mostarda e com o sour cream próprio da Rússia, o smetana. O acompanhamento clássico é purê de batata (clássico da culinária russa) e um mix de saladas.

Esse prato se tornou um prato fino entre a nobreza russa, sendo iguaria entre as famílias mais ricas. Só que pela facilidade de acesso aos ingredientes, não demorou muito pra receita se tornar popular e ser consumida por todo o país!

 

Popularização pelo mundo

O strogonoff começou a aparecer em outros lugares após a revolução de 1917, onde várias famílias nobres russas se mudaram para países como China (onde o prato também se popularizou rapidamente), Estados Unidos, Brasil e França Inclusive, foi na França que começaram a surgir receitas de estrogonofe com cogumelo e champignon, que ainda são bem comuns hoje em dia.

Mas a popularização global mesmo só rolou depois do final da Segunda Guerra Mundial, que contou com um êxodo de russos ainda maior que a revolução de 17.

Os emigrantes russos, embora imersos em novas culturas de outros países, não podiam deixar suas raízes de lado, abrindo muitos restaurantes de comida típica russa. Embora originalmente esses restaurantes eram destinados aos próprios emigrantes, com o tempo os nativos foram conhecendo os pratos também e com certeza curtiram o estrogonofe.

Obviamente os Estados Unidos deram sua clássica “americanizada” no prato: adicionaram ketchup/molho de tomate na receita e trocaram o purê de batata por batata frita como acompanhamento principal.

 

O estrogonofe no Brasil

Por aqui, o estrogonofe virou sensação lá pela década de 60, onde versões adaptadas da receita estadunidense (com batata frita) eram uma iguaria entre as famílias mais ricas, sendo prato principal de jantares finos e sempre presente em cardápios de restaurantes finos. O nome estrogonofe apenas derivou do nosso jeito de falar “stroganov”.

O estrogonofe ficou mais popular no Brasil quando alguém teve a brilhante ideia de trocar o sour cream (que era a parte mais cara da receita) por creme de leite e trocar a batata frita por batata palha. Os ingredientes mais acessíveis fizeram com que o prato se tornasse muito mais prático, simples e barato de fazer, sem contar que rendia comida pra muita gente.

E convenhamos: ficou bom demais do nosso jeito né?

 

E aí, sabia dessa história toda? Cê já chegou a comer o estrogonofe original? Conta aí pra gente!

 

%d blogueiros gostam disto: